terça-feira, 7 de julho de 2015

Análise Devolo dLAN 550 duo+ Powerline

Hoje em dia torna-se essencial "estar ligado à rede". Os problemas surgem quando não há nenhuma ficha ethernet por perto e quando o WiFi não é opção. Felizmente, a solução pode ser mais simples do que se imagina, bastando que haja uma tomada eléctrica por perto e recorrendo aos módulos powerline como o Luis Costa nos vai explicar.


O WiFi nem sempre é a melhor solução, e por isso há que estudar alternativas. Não havendo a possibilidade de passar cabos, o recurso à instalação eléctrica em conjunto com adaptadores powerline é uma das melhores opções.

Os dLAN 550 duo+


A Devolo é uma marca com grande historial neste tipo de produto, e tem um novo modelo no mercado. Os dLAN 550 duo+ estão disponíveis num kit de dois adaptadores, o ideal para quem ainda não tenha outros equipamentos powerline. É também possível comprar apenas um adaptador.


A Devolo opta por na parte traseira da caixa apresentar um grafismo que exemplifica como se poderá tirar partido dos adaptadores, algo que pode ser útil ao utilizadores menos experimentados.



Na caixa, encontramos os dois adaptadores, dois cabos de rede e documentação de referência.


Os adaptadores têm um um corpo robusto, que confere solidez ao produto. Na parte frontal, uma tomada fêmea que torna possível continuar a usar a tomada para ligar outros equipamentos, e um led que é activado quando o equipamento está em funcionamento. Na traseira, informação técnica (230V/16A/3600W), senha do adaptador um QR CODE que representa a mesma.

As portas de rede estão na zona inferior do equipamento e do lado direito temos o botão para activar a sincronização do adaptador. É de salientar que o facto de temos duas portas de rede Fast Ethernet (100Mbps) num equipamento de entrada de gama. Este facto permite uma maior flexibilização na sua utilização.

Os dLAN 550 duo+ tiram partido da mais recente tecnologia da Devolo, e podem utilizar os 3 cabos que temos na instalação eléctrica. Este sistema analisa quais os melhores dois dos três cabos e escolhe o par mais eficiente para efectuar a ligação.

Para sincronizar os adaptadores, basta ligar o master ao equipamento que fornece a internet/gere a rede e o cliente no local pretendido. Depois de ligados os dois adaptadores à corrente eléctrica, basta pressionar a patilha lateral do master durante dois ou três segundos (o led começa a piscar) e de seguida fazer o mesmo no cliente. Quando a sincronização estiver concluída, a luz do led para de piscar e permanece ligada.

Caso tenham mais adaptadores, basta repetir o processo, começando novamente pelo master, seguido do novo cliente.


Para verificarem se o estado de comunicação dos equipamentos, podem utilizar o software que a Devolo disponibiliza para o efeito.


O devolo Cockpit permite saber a velocidade de sincronização entre os adaptadores powerline, sendo que também funciona com equipamentos de outras marcas que tenham ligados à vossa instalação eléctrica. Outro aspecto positivo é o facto de aplicação automaticamente verificar se existem actualizações para os adaptadores, facilitando assim a instalação das mesmas.


Metodologia do teste


Para testar os adaptadores, estabeleci duas localizações, as quais penso que representaram a grande maioria dos cenários em que este tipo de equipamento é utilizado.



O ponto onde colocam o equipamento master, é de vital importância para o desempenho dos adaptadores. Poderíamos pensar que o melhor ponto será junto ao modem/router que dá acesso à internet.

Pois bem, no meu caso, e depois de efectuar vários testes por toda a casa, cheguei à conclusão que o melhor era manter o modem no rés-do-chão, e o adaptador master no primeiro andar, junto ao router que está exactamente na outra ponta da casa, ligado por um cabo ethernet (que infelizmente não permite tirar partido de portas de rede gigabit). O adaptador powerline acaba assim por estar junto a um router, mas longe do modem (10 metros em linha recta, mas muito mais em cabo ethernet).

O adaptador "cliente" foi testado no rés-do-chão, distando uma divisão e um piso do "master" (o que equivale a estarem em lados opostos da casa), e num anexo que fica a 15 metros em linha recta deste último.

No primeiro caso existe um quadro eléctrico entre os dois adaptadores, no segundo, dois.


Para minimizar o impacto de qualquer limitação dos PCs no teste, foram utilizados PCs com SSD, porta de rede Gigabit, e o adaptador master foi ligado a um Router Sitecom X6 N900.


Resultados dos testes


As velocidades anunciadas pelos adaptadores powerline estão sempre longe daquilo que na realidade se consegue obter dos mesmos em termos de desempenho. Na verdade, os valores que as marcas anunciam são relativos à sincronização entre os dois equipamentos, e correspondem ao somatório do upload e download, o que no caso destes dLAN 550 duo+ corresponde a 500 Megabits (Mbits). A velocidade real efectiva será em média 40 a 50% do valor máximo teórico.

O primeiro teste refere-se à cópia de um ficheiro entre os dois PCs.


Lados opostos da casa vs Anexo

Os valores obtidos estão em MB/s, tendo-se registado no primeiro caso um valor próximo dos 8MB/s (64Mbps) e no segundo 6MB/s (48Mbps).


O segundo teste foi efectuado com a aplicação LAN Speed Test. Esta cria um ficheiro no anfitrião e calcula o tempo de escrita e leitura do mesmo.


Lados opostos da casa vs Anexo


Os valores obtidos em leitura foram 63 e 62Mbps, respectivamente, o que está em linha com o teste de cópia do ficheiro.


Consumos



Aqui temos um ponto bastante importante, o consumo energético. Tratando-se de módulos que ficarão permanentemente ligados, é imperativo avaliar o seu custo em termos de energia eléctrica. Felizmente, a Devolo está consciente disto e os seus adaptadores entram em modo de poupança quando não estão a ser utilizados, reduzindo o consumo para um valor negligenciável (abaixo do valor de 1W). Em utilização, foi registado um consumo máximo de 4W, um pouco a cima dos 3,1W referidos pela Devolo.


Apreciação Final



O meu caso específico poderia muito bem servir como modelo de estudo para as marcas. Independentemente do local onde coloque os equipamentos com WiFi, nunca consigo cobrir toda a área da casa. A minha opção passa por utilizar o modem e dois repetidores em locais estratégicos, abrangendo assim grande área que desejo cobrir. O anexo contudo, necessita de mais um repetidor para lá fazer chegar o sinal. Com tudo isto facilmente se compreende ;que as velocidades deixam muito a desejar. São suficientes para navegar na internet, mas não para transferir ficheiros ou visualizar um vídeo.


A minha opção passou por combinar as duas tecnologias, utilizando o melhor de cada uma, no local pretendido. Estes dLan 550 duo+ constituem-se como uma alternativa para todos os que necessitem de ligar um equipamento por rede, conseguindo mesmo nas situações mais complicadas (como as testadas) velocidades que permitem uma utilização da rede sem compromissos.

Por fim, importa também referir que já nem o preço é factor "contra". Tradicionalmente, a Devolo tinha preços acima de módulos powerline de outros fabricantes, mas o seu diferencial de preço já nem sequer justifica que se pense nisso. Estes adaptadores podem ser encontrados no mercado nacional, com um preço na ordem dos 40€ para um adaptador, e 50 para o kit de 2.


Devolo dLAN 550 duo+

Prós

  • Robustez do conjunto
  • Tomada incorporada
  • Facilidade de utilização
  • Prestação sólida

Contras

  • A velocidade fica um pouco abaixo do obtido numa rede ethernet 100Mbps - mas sendo que este valor dependerá directamente da instalação eléctrica de cada um


[Republicação da análise publicada no Aberto até de Madrugada]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails