quinta-feira, 4 de abril de 2013

Painéis Solares ultrapassam o seu Custo Energético


O percurso que nos leva a um futuro em que se possa depender de energias limpas e renováveis nem sempre é tão directo como se deseja. Por exemplo, mesmo para a atractiva energia solar, é preciso ter em conta o custo energética da produção dos painéis  No caso extremo, em que a energia gerada pelos paineis solares nem seria suficiente para garantir a produção de novos painéis  rapidamente se chegaria à conclusão que não seria uma solução atractiva.

Felizmente, não é o caso, e investigadores anunciaram que em 2012 a produção de energia solar ultrapassou o "custo energético" da sua produção. Ou seja, teoricamente seria possível produzi-los sem recorrer a energia proveniente de combustíveis fósseis. E no seguimento das boas notícias, os mesmos investigadores apontam para que entre 2015 e 2020 se consiga compensar todo o custo energético de todos os paineis anteriores já construídos anteriormente, e assim passar para um saldo positivo sempre crescente.

Notícias excelentes, numa altura em que a nossa sociedade tem por obrigação levar bem a sério a sustentabilidade do nosso planeta e arranjar fontes alternativas de energia que nos libertem dos combustíveis fósseis. Só me interrogo: se historicamente os "combustíveis" e fontes de energia sempre foram motivo para guerras e conflitos; será que daqui por umas décadas o bem mais valioso que um país poderá ter é a sua exposição solar?... (Já nem digo nada...)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails