sábado, 25 de março de 2017

Câmaras da NEST podem ser desactivadas remotamente por ladrões


Quem se dá ao trabalho de instalar câmaras de vigilância em sua casa é porque gostaria de ficar com um registo vídeo no caso de incidentes indesejados; pelo que se torna bastante infeliz que as câmaras NEST contenham vulnerabilidades que permitem que um ladrão desactive as câmaras remotamente via Bluetooth, impedindo a gravação.


As câmaras contêm vulnerabilidades que permitem que um atacante envie passwords ultra-longas ou peçam à câmara para se ligar a outra rede, fazendo com que a câmara encrave e faça um reboot, ou perca mais de um minuto a tentar ligar-se a uma rede inexistente - período durante o qual não estará a enviar as gravações para a cloud. Repetindo-se este processo continuamente, um ladrão terá todo o tempo que quiser para fazer o "serviço" sem ter que se preocupar com as câmaras.

Considerando que não é possível desactivar o Bluetooth nas câmaras, isto é um problema que só poderá ser resolvido pela própria NEST, que apenas diz que já tem uma correcção preparada, que será enviada para os clientes nos próximos dias.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails