segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Samsung recolhe 2.8 milhões de máquinas de lavar nos EUA


A Samsung parece estar em maré de azar, e depois da recolha dos Galaxy Note 7 prepara-se agora para ter que recolher mais 2.8 milhões de... máquinas de lavar.

A CPSC (Consumer Product Safety Commission) norte-americana já oficializou o processo de recolha, que é feito em consequência de centenas de relatos de máquinas de lavar da Samsung que têm "explodido", e onde partes da máquina se separam e podem ser projectados contra os utilizadores.

Até ao momento já houve mais de 730 queixas relacionadas com estas máquinas de lavar, incluindo 9 casos de ferimentos (um dos quais de um queixo partido).

O problema afecta dezenas de modelos de máquinas da Samsung, mas todos eles de modelos com sistema de carga pelo topo; sistema que penso ser bastante incomum no nosso país, onde dominam as máquinas de lavar roupa com carregamento frontal. Bem... resta-nos esperar que daqui por uns tempos não se venha a descobrir que afinal também estas sofrem do mesmo problema e precisam também de ser recolhidas.

Uma coisa é certa, com este historial, o lançamento dos próximos produtos da Samsung não conseguirá evitar um clima de suspeição e de cuidados redobrados para saber se já não sofrerão dos mesmos problemas.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails