quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Empilhar células solares aumenta a sua eficiência para os 50%


A energia solar poderá ser uma das soluções para um futuro livre dos combustíveis fósseis, mas para que isso aconteça temos que ter painéis mais eficientes que permitam produzir energia a custo mais reduzido, algo que poderá ser conseguido de uma forma extremamente simples... empilhando células solares.

Uma célula solar convencional absorve a luz que incide sobre ela, transformando-a em electricidade. Só que, há materiais que absorvem apenas comprimentos de onda específicos deixando passar as restantes cores - tal como os sensores foveon. Isto faz com que, empilhando diferentes células solares, optimizadas para diferentes comprimentos de onda, se possa obter um painel solar muito mais eficiente e que tira maior partido de toda a luz.

A ideia é simples, mas como é costume, não foi fácil torná-la realidade. A Semprius teve que desenvolver novos materiais, adesivos que permitissem empilhá-los sem que prejudicassem a sua eficiência, e combinar a electricidade produzida por todas as camadas. O resultado são painéis que empilham quatro camadas de semicondutores e permitem ter uma eficiência de até 44.1% - um resultado que esperam superar em breve, para lá dos 50%, quando utilizarem painéis de seis camadas (e que duplicariam a eficiência dos melhores painéis convencionais existentes, que se ficam pelos 25%).

O único problema é que por agora estes painéis são bastante dispendiosos de produzir - algo que mudaria caso começassem a ser fabricados em larga escala, e que poderia fazer com que a energia solar viesse a ter um custo mais reduzido que a da electricidade produzida em centrais de gás natural.

Esperemos que sim, e de preferência... quanto antes.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails