quinta-feira, 4 de maio de 2017

Como criar a sala de jogos perfeita


Criar uma sala de jogos é uma opção bastante utilizada por quem gosta de passar o seu tempo em casa com amigos, e que pode ser feita numa divisão livre, garagem, ou qualquer outro espaço que se possa dedicar a essa função. Mesa de bilhar, jogos de tabuleiro, videojogos, ou mesmo uma mesa de poker, há diversos estilos que se podem considerar; sendo que em qualquer um dos casos se irá tornar  no destino preferido dos amigos para passar o fim-de-semana.


Jogos disponíveis

O primeiro passo é decidir que tipo de jogos se quer disponibilizar na sala de jogos. Para os adeptos o recurso às consolas é uma opção simples e prática, mas também se podem considerar máquinas arcade recuperadas, ou sistemas de emulação que permitam reviver os clássicos da juventude. Quem não quiser estar dependente dos televisores pode optar por jogos de tabuleiro (não havendo falta de variedade neste campo). Ou então optar por opções ainda mais clássicas, como uma mesa para jogos de cartas que são intemporais. São tudo opções a considerar para garantir que a sala de jogos fica tal como se deseja.


Decoração visual

Sendo um espaço onde se irá passar algum tempo, convém prestar atenção à luminosidade, cor das paredes e mobília, para garantir o máximo conforto e um ambiente divertido na sala de jogos. Claro que também se pode optar por uma decoração mais sóbria e profissional se o preferirem, mas em qualquer dos casos haverá sempre lugar para alguns elementos que se adequam perfeitamente a este tipo de ambiente: cartazes de filmes e posters são uma das opções recorrentes; mas podendo também juntar-se o útil ao agradável e aproveitarem o espaço como local de exposição para todos aqueles brinquedos de criança que tinham atirado para dentro de um caixote (refiro-me às colecções de "carrinhos", ou naves espaciais, ou outros brinquedos que tiverem acumulado ao longo das décadas). Para além dos sofás e cadeiras confortáveis, não custará muito adicionarem iluminação LED com cores programáveis, permitindo criar ainda maior variedade no tipo de ambiente que se pode criar.


Snacks à disposição

Poderá parecer um pormenor... mas é daqueles que importa. Se se prevê passar longas horas neste espaço com amigos, nada como ter um mini-bar ou um frigorífico pequeno com algumas bebidas e snacks prontos a servir. É um detalhe que evitará as visitas constantes à cozinha, e que permitirá ter os mantimentos da sala de jogos independentes do que se tem no frigorífico principal. Como sempre, é uma área em que todos os convidados poderão contribuir, para ajudar a reduzir os custos de "manutenção".



À prova de som

Indispensável para o caso de apartamentos e de quem tenha amigos mais barulhentos, será dedicar alguma atenção à insonorização do espaço. Como se pode imaginar, juntar várias pessoas para sessões de jogos pode resultar em sessões bastante barulhentas, tanto de celebração como de discussão (ninguém gosta de perder, não é?) Por este motivo, para evitar problemas com vizinhos ou até mesmo com o resto da família, convém recorrer a todas as técnicas que possam reduzir a transmissão de barulho para fora da sala. Se estiverem a construir uma sala de raiz poderão criar paredes à prova de som, para os restantes casos poderá recorrer-se a painéis ou esponjas especiais para esse fim - para além das tácticas já conhecidas de usar tapetes grossos, etc.



Considerando o custo elevado de todo o tipo de actividades que se faça fora de casa, o investimento numa sala de jogos acaba muitas vezes por poder ser recuperado mais rapidamente do que se pensa. E não se deixem desmoralizar por aquelas salas de jogo de sonho que se vê em casas milionárias... desde que feita com gosto , a "nossa" sala de jogos, será sempre a melhor! ;)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails