sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Fotossíntese artificial mais próxima de se tornar viável comercialmente


Quando se fala do aproveitamento da energia solar, nada como olharmos aquilo que a própria Natureza desenvolveu ao longo de milhões de anos de evolução: as plantas. A fotossíntese é uma das formas mais eficientes de aproveitar a energia solar, e temos novos avanços na área de a replicar de forma artificial.

A ideia de replicar a fotossíntese artificialmente não é nova e tem sido tentada ao longo dos anos. O problema é tornar essa tecnologia suficientemente prática e eficiente de modo a ser comercialmente viável. E parece que agora se deu um grande passo nesse sentido, com investigadores a terem conseguido criar um material que, com numa única camada, é capaz de recolher energia solar e directamente permitir a sua utilização na separação de hidrogénio e oxigénio.

Tradicionalmente, este processo implica a utilização de várias camadas de diferentes materiais, com custo e complexidade acrescida. Esta simplificação do processo poderá ser aquilo que há muito se procurava para viabilizar esta tecnologia e potenciar a transição para uma nova era em que se usem exclusivamente energias limpas e renováveis.

Ainda irá demorar para descobrirmos se este novo material poderá efectivamente mostrar o que vale em utilização comercial, mas sem dúvida que são excelentes notícias.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails