quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Novo sistema de produção de hidrogénio promete revolução energética


No sentido de nos dirigirmos para um futuro melhor onde possamos depender unicamente de energias limpas e renováveis, é necessário arranjar novas formas que permitam gerar hidrogénio de forma economicamente viável. Finalmente, parece que isso está prestes a acontecer.

Gerar hidrogénio pode parecer algo simples (basta electricidade e água, por exemplo), mas na prática a sua produção em escalas industriais revela-se bem mais complicada. Aliás, o método mais comum usado actualmente continua a depender de combustíveis fósseis como gás natural. As processos de geração por electrólise necessitam de correntes elevadas, impossibilitando a sua geração quando existe pouca luz solar ou vento (nas centrais solares/eólicas).

Agora uma equipa de investigadores diz ter encontrado uma forma bem mais eficiente de gerar hidrogénio, permitindo a criação de 30x mais hidrogénio para a mesma quantidade de catalisador que os métodos actuais e podendo ser a revolução necessária que o sector energético necessitava.

Esperemos que seja mesmo o caso, e que venha a fazer com o hidrogénio o mesmo que aconteceu com o alumínio, que em tempos chegou a ser mais valioso que o ouro devido à dificuldade na sua produção - mas que depois graças a um novo método revolucionário de produção, fez com que o seu preço baixasse para os níveis que permitem que hoje seja utilizado "em todo o lado".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails