quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Análise ao Sonoff 4CH da Itead


Ter uma casa inteligente já não obriga a investir milhares de euros, e módulos como este Sonoff de quatro canais, permitem que qualquer pessoa controle remotamente diversos equipamentos e circuitos por menos de 15 euros.

A ideia de que a domótica e automação doméstica é cara tem sido posta em causa nos últimos anos por um número crescente de fabricantes, e os módulos Sonoff da Itead vieram revolucionar o sector, com preços absolutamente irresistíveis.

Se a ideia de ligar/desligar coisa em casa a partir do smartphone, mesmo quando se está fora de casa, era algo que, no passado, obrigaria a investir centenas de euros e a recorrer a múltiplos serviços e fazer configurações complicadas, hoje em dia é algo que pode ser feito por qualquer pessoa, por menos de duas dezenas de euros (ou até menos de 5 euros, se só quiser controlar uma coisa).


O Sonoff 4CH



O Sonoff 4CH é um módulo WiFi que permite controlar quatro canais individuais, concebido para ser montada numa calha DIN, mas que podem colocar em qualquer local (como num tecto falso, etc.) Podemos usá-lo para controlar luzes, motores, ou qualquer outra coisa que possa ser controlada com o ligar/desligar de um interruptor.


A nível de ligações temos três blocos de cinco conectores rápidos (basta pressionar a patilha em cima, inserir o cabo, e soltar) dedicados à fase, neutro e terra; com um dos grupos a servir para a alimentação, e os restantes quatro a serem as saídas controladas pelo módulo. Para além do controlo remoto via app ou temporizações programadas, também temos quatro botões que permitem controlar manualmente o estado das quatro saídas, com indicação a ser dada por LEDs que ficam debaixo do plástico.

No caso deste 4CH, aceita tensões de alimentação de 90-250V, sendo recomendável para controlar cargas de até 2200W por circuito e 2500W no total.




Na caixa, para além das especificações, temos também QR Codes que nos redireccionam para informação adicional e a app de controlo EWelink, disponível tanto para Android como para iOS.


Por dentro



Uma das vantagens dos módulos Sonoff - para além do seu custo reduzido - e a de que são também facilmente "hackáveis", uma vez que recorrem a um dos famosos ESP8266 que vieram trazer o controlo WiFi a equipamentos que até então se limitavam a usar controlos remotos RF.




Temos ali todos os pinos "à mão" para reprogramar o ESP8266 com um firmware alternativo - se assim o desejarem - havendo um número crescente de opções, em função daquilo que quiserem (ou até podem criar o vosso próprio, ou alterar um dos já existentes, que são invariavelmente open-source).


Em Funcionamento



Depois de tudo ligado (como sempre, certifiquem-se de que o quadro está desligado antes de fazerem qualquer ligação - no meu caso, feito numa tomada e com quatro lâmpadas para melhor ilustrar o funcionamento) o primeiro passo é o de instalar a app EWelink e adicionar o módulo.

Confesso que esta configuração inicial foi um pouco mais confusa do que esperava. A app limita-se a dizer para colocarmos o módulo em modo de emparelhamento carregando no botão de emparelhamento por cinco segundos, mas não dizia qual era esse botão (só temos os 4 botões de controlo de cada circuito). Lá tive que recorrer ao Google para descobrir que o botão do canal 1 também serve para esta função... e depois de o pressionar por vários segundos lá ficou um dos leds a piscar de forma acelerada, como era suposto.

Infelizmente, também não conseguiu emparelhar assim. O que me obrigou a repetir o processo, desta vez usando a app na sua versão iOS, onde o processo é um pouco mais complicado (obriga a ligar manualmente à rede WiFi criada pelo módulo a meio do processo), mas finalmente lá ficou tudo a funcionar. Neste processo de emparelhamento, o módulo Sonoff passa a ficar ligado à nossa rede WiFi, permitindo o seu controlo de onde quer que se tenha rede - e até quando se está fora de casa.


A app tem um aspecto bastante básico, mas disponibiliza tudo aquilo que se precisa, incluindo a criação de grupos, temporizações para os módulos, actualização do firmware dos mesmos, e até automatização com a criação de regras (e compatibilidade com a Alexa da Amazon).

No ecrã principal temos acesso directo aos módulos que tivermos (podemos criar grupos diferenciados), e com possibilidade de fazer o controlo directo de cada um dos quatro canais - com o tempo de resposta a ser praticamente instantâneo.



Se entrarmos dentro do módulo, temos acesso a um interface mais "artístico" (se é bonito ou não, dependerá do gosto de cada um) onde, para além de também se poder controlar os quatro canais, temos também a possibilidade de criar temporizadores para ligar/desligar cada canal, ou fazer a programação de ligar/desligar para determinada hora/dia, incluindo repetições diárias/semanais.





Um pormenor sempre interessante, nas definições do módulo podemos definir qual o estado em que queremos que fique cada canal quando o mesmo é ligado (por exemplo, após uma falha de electricidade), podendo ser: ligado, desligado, ou manter o estado em que estava anteriormente.



E sim... no caso de desligarem/ligarem manualmente num dos botões do módulo, o estado é actualizado na app de forma instantânea.

Outra surpresa agradável, quando se liga o módulo, o mesmo fica apto a ser controlado pela app numa questão de 4 ou 5 segundos. Não é que isso fosse problemático, uma vez que se tratam de módulos que à partida estarão ligados continuamente, mas é bom saber que não se tem que esperar "minutos" para ter os módulos operacionais após uma falha de energia.


Apreciação final



É simplesmente impossível não ficar apaixonado por este módulo (e outros) da Sonoff, que por um valor verdadeiramente ridículo nos permitem controlar remotamente tudo o que se deseje em nossas casas, e de uma forma praticamente "pronta a usar". Quem tiver confiança para mexer na instalação eléctrica poderá, em poucos minutos controlar lâmpadas e outros equipamentos, mesmo de fora de casa, sem se preocupar com qualquer tipo de configuração complicada - por menos do que poderá pagar por uma única lâmpada LED (neste momento, este Sonoff 4CH está a apenas 12.50 euros).

Para os utilizadores mais avançados, a possibilidade de instalar diferentes firmwares e de poder integrar estes módulos em sistemas como o HomeAssistant, torna-os também absolutamente irresistíveis. Ou seja, nem há muito mais para dizer, a não se que este é um produto verdadeiramente, escaldante!




Sonoff 4CG
Escaldante

Prós:
  • Preço super-reduzido
  • Facilidade de alteração do firmware
  • Solução pronta a usar sem configurações complicadas

Contras:
  • Processo de emparelhamento inicial um pouco confuso



[Análise originalmente publicada no Aberto até de Madrugada]

2 comentários:

Related Posts with Thumbnails