quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

O efeito da iluminação LED no cenário nocturno das cidades


Por vezes a evolução da tecnologia tem consequências nas quais não se pensa directamente. Se em tempos as cidades viviam noites na escuridão, iluminadas timidamente por pequenos candeeiros a gás, hoje em dia temos os nossos centros urbanos e estradas profusamente iluminados (por vezes até demais)... mas que estão prestes a mudar de tonalidade graças aos LEDs.

Este efeito tem-se feito sentir em Los Angeles, que no ano passado deu início a um programa de remodelação que trocou toda a iluminação pública com lâmpadas de vapor de sódio de alta-pressão (com a seu característica tonalidade amarelada) por lâmpadas mais modernas e eficientes usando tecnologia LED (com luz mais "branca").


Isto faz com que a paisagem nocturna de Los Angeles se mude para sempre, marcando uma era que poderá ser facilmente notada nos filmes de Hollywood, tal como uma iluminação pública a gás imediatamente nos remeteria para tempos vitorianos.

Mas sabendo-se que a iluminação pública é uma das maiores despesas de uma cidade, e que graças aos LEDs a codade de Los Angeles irá poupar cerca de $7 milhões em electricidade a cada ano, a que se somam cerca $2.5 milhões poupados em manutenção que se torna desnecessária; esta é uma alteração que rapidamente se irá propagar a muitas mais cidades, não só nos EUA como por todo o mundo.

Portanto... se eram fãs das luzes amareladas, é melhor irem-se preparando para um panorama nocturno bem diferente e mais parecido com o da luz diurna (sendo que há também aqueles que se interrogam sobre o efeito que uma luz mais azulada irá ter sobre os cidadãos a nível dos padrões do sono.)

Por mim, optava-se já por iluminação LED RGB, e depois cada cidade poderia afinar a cor das suas estradas conforme as necessidades; podendo até usá-las para uma Rave Party se fosse necessário. :)

[via Aberto até de Madrugada]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails